Copy: A arte da Comunicação

O ser humano sempre sentiu necessidade de se comunicar, e no mundo dos negócios, essa é uma habilidade essencial para o sucesso.

Nitidamente os maiores players do mercado dominam a arte da comunicação. Não só a boa eloquência faz um bom comunicador, mas também o fato dele conseguir transmitir uma mensagem com o menor ruído possível. 

Quando falamos de negócios, política ou religião, além de todas essas características que fazem um bom comunicador, temos também que agradar nosso público, nossa plateia, nossos clientes, para assim conquistarmos o que desejamos. Ou seja, devemos falar o que o outro quer ouvir.

Um dos grandes segredos de uma comunicação de sucesso é o carisma. Tal habilidade pode ser aprendida e aperfeiçoada, conforme aprendemos com Dale Carnegie. 

Dica de livro: “Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas”

Carnegie fornece, nesse livro, técnicas e métodos, de maneira extremamente direta, para que qualquer pessoa alcance seus objetivos pessoais e profissionais.

Livros como “As Armas da Persuasão”, “A Bíblia de Vendas” e o famoso “Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas” falam em sua grande essência de como se comunicar de forma eficaz e convincente. 

A copy é a arte de conseguir transmitir a melhor mensagem possível.

Cada pessoa tem suas peculiaridades e modus operandi. Logo, iremos usar diferentes estratégias de comunicação para públicos distintos. Cabe ao bom publicitário, redator, copywriter construir a mensagem de forma a chamar a atenção, gerar uma empatia, transmitir o conteúdo e fazer uma chamada para ação. 

Veja que toda comunicação tem que ter um objetivo. Guarde essa dica: Aquilo que não precisa ser dito, não pode ser dito. 

Nota-se que atenção conquistada, empatia “check”, conteúdo limpo e chamada convincente, são as chaves para uma copy vencedora.

Uma boa estratégia de copy, torna a nossa comunicação mais eficaz. 

A psicologia é uma grande aliada na construção de uma boa mensagem, com ela conseguimos entender melhor a mente humana e alcançar estratégias para uma condução mais produtiva de nossas comunicações. 

Em breve faremos um artigo sobre neuromarketing. 

Vamos para as dicas?

1º Entenda o problema da pessoa, tenha empatia, sinta sua dor. 

2º Mostre que você consegue resolver o problema dela. (Algumas pessoas não sabem que tem o problema, até você mostrar. Mas atenção, seja delicado!) 

3º Atraia e conquiste-a, mostre que você é capaz de resolver as dores dessa pessoa. Não foque na venda nem no produto. Foque na experiência do cliente. 

4º O CPA, Chamada para Ação, tem que ocorrer no processo de vendas. 

Não sabe o que é lead? Clica aqui e vai lá dar uma olhada nesse artigo completíssimo!

Espero ter ajudado… Até a próxima.

Ah… Não esqueça:

“O que não precisa ser dito, não é para ser dito”.

0 comments